Chácara Jr.

Romanos 16.20 e outros: GRAÇA E PAZ

GRAÇA E PAZ


Preparado para ser pregado na IB Itacuruçá, em 14.3.2004, noite.

O hábito de desejar paz ao próximo é muito antiga. Estava presente entre os povos contemporâneos a Israel. Os documentos oficiais da Babilônia antiga começavam assim: "Paz vos seja multiplicada" (Daniel 4.2; cf. Daniel 6.25). Bem antes disso, no Egito já se usava o mesmo costume. O ministro da economia de José, no Egito, tranqüilizou os irmãos de seu chefe, deste modo: "Paz seja convosco" (Gênesis 43.23).
Entre os israelitas, até os anjos abriam suas palavras com saudações pacíficas (Juízes 6.23). Entre os humanos, o desejo era o mesmo, fossem eles tementes a Deus (1Samuel 25.6) ou não (Juízes 19.20), mesmo em tempo de guerra (1Crônicas 12.18).
Quando enviou seus discípulos, Jesus os ensinou a desejarem que a paz estivesse na casa em que se encontrassem (Lucas 10.5). Ele mesmo saudou seus discípulos assim, após a Sua ressurreição (Lucas 24.36; cf. João 20.19, 21 e 26).
A literatura do Novo Testamento, como nenhuma outra, colocou saudações deste tipo no coração do Cristianismo, não somente como algo protocolar, mas como expressão de desejos profundos, decorrentes da bênção alcançada com a aceitação do Evangelho de Jesus Cristo.
Há duas palavras mais comuns nestas saudações bíblicas: graça e paz. A expressão "que a a graça de Jesus Cristo seja com... " aparece 14 vezes na literatura apostólica. Romanos 16.20 -- A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco.
Romanos 16.24 -- A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós.
1Coríntios 16.23 -- A graça do Senhor Jesus seja convosco.
Gálatas 6.18 -- A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja, irmãos, com o vosso espírito.
Efésios 6.24 -- A graça seja com todos os que amam a nosso Senhor Jesus Cristo com amor incorruptível.
Filipenses 4.23 -- A graça do Senhor Jesus Cristo seja com o vosso espírito.
Colossenses 4.18 -- A graça seja convosco.
1Tessalonicenses -- 5.28 A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja convosco.
2Tessalonicenses -- 3.18 A graça de nosso Senhor Jesus Cristo seja com todos vós.
1Timóteo 6.21 -- A graça seja convosco.
Tito 3.15 -- A graça seja com todos vós.
Filemon 25 -- A graça do Senhor Jesus Cristo seja com o vosso espírito.
Hebreus 13.25 -- A graça seja com todos vós.
Apocalipse 22.21 -- A graça do Senhor Jesus seja com todos. O desejo de "paz" ocorre seis vezes. Romanos 15.33 -- E o Deus de paz seja com todos vós.
Efésios 6.23 -- Paz seja com os irmãos, e amor com fé, da parte de Deus Pai e do Senhor Jesus Cristo.
Colossenses -- 3.15 E a paz de Cristo, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos.
2Tessalonicenses -- 3.16 Ora, o próprio Senhor da paz vos dê paz sempre e de toda maneira. O Senhor seja com todos vós.
1Pedro 5.14 -- Paz seja com todos vós que estais em Cristo.
3João 1.15 -- Paz seja contigo Aparecem outras expressões como graça, amor e comunhão (2Coríntios 13.13) e misericórdia, paz e amor (Judas 2), mas a preferida é "graça e paz", utilizada 17 vezes pelos apóstolos. Romanos 1.7 Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.
1Coríntios 1.3 Graça seja convosco, e paz, da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.
2Coríntios 1.2 Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.
Gálatas 1.3 Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.
Efésios 1.2 Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.
Filipenses 1.2 Graça a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai, e do Senhor Jesus Cristo.
Colossenses 1.2 Graças a vós, e paz da parte de Deus nosso Pai.
1Tessalonicenses 1.1 Graça e paz vos sejam dadas.
2Tessalonicenses 1.2 Graças a vós, e paz da parte de Deus Pai e do Senhor Jesus Cristo.
Tito 1.4 a Tito, meu verdadeiro filho segundo a fé que nos é comum, graça e paz da parte de Deus Pai, e de Cristo Jesus, nosso Salvador.
1Pedro 1.2 Graça e paz vos sejam multiplicadas.
2Pedro 1.2 Graça e paz vos sejam multiplicadas no pleno conhecimento de Deus e de Jesus nosso Senhor;
Apocalipse 1.4 João, às sete igrejas que estão na Ásia: Graça a vós e paz da parte daquele que é, e que era, e que há de vir, e da dos sete espíritos que estão diante do seu trono.
1Timóteo 1.2 a Timóteo, meu verdadeiro filho na fé: graça, misericórdia e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus, nosso Senhor.
2Timóteo 1.2 a Timóteo, amado filho: Graça, misericórdia e paz da parte de Deus Pai e de Cristo Jesus nosso Senhor.
2João 1.3 Graça, misericórdia, paz, da parte de Deus Pai e da parte de Jesus Cristo, o Filho do Pai, serão conosco em verdade e amor.
Num mundo com tão pouca graça e paz, estes cumprimentos devem estar nos nossos lábios, e sobretudo em nossos corações.
Deus deseja que tenhamos graça e paz.

1. GRAÇA
1.1. Graça é a manifestação do amor de Deus, amor tornado concreto com Jesus Cristo.
Por causa de sua graça, Jesus habitou entre nós.
João 1.14 -- E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós, cheio de graça e de verdade; e vimos a sua glória, como a glória do unigênito do Pai.
Tito 2.11 Porque a graça de Deus se manifestou, trazendo salvação a todos os homens.

1.2. A graça de Jesus nos resgatou do domínio do fracassado esforço humano. Quando o homem falha, entra a graça. Quando a lei falha, entra a graça. A graça nos lança numa nova vida, a partir da experiência da conversão (aceitação da graça, que se segue ao arrependimento).
Efésios 2.8 -- Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus.
Romanos 11.6 Mas se é pela graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a graça já não é graça.

1.3. A graça de Jesus não tem preço, mas já teve um preço. A graça agora é gratuito.
Romanos 5.15 -- Mas não é assim o dom gratuito como a ofensa; porque, se pela ofensa de um morreram muitos, muito mais a graça de Deus, e o dom pela graça de um só homem, Jesus Cristo, abundou para com muitos.
Romanos 11.6 -- Mas se é pela graça, já não é pelas obras; de outra maneira, a graça já não é graça.
Romanos 3.24 -- [Somos] justificados gratuitamente pela sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus.

1.4. A graça de Jesus nos capacita para uma vida vitoriosa.
2Coríntios 8.9 -- Conheceis a graça de nosso Senhor Jesus Cristo, que, sendo rico, por amor de vós se fez pobre, para que pela sua pobreza fôsseis enriquecidos.

Vida vitoriosa é uma vida com força na hora da fraqueza, por causa da presença de Cristo em nós.
2Coríntios 12.8b-9 -- Três vezes roguei ao Senhor que o afastasse de mim; e ele me disse: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. Por isso, de boa vontade antes me gloriarei nas minhas fraquezas, a fim de que repouse sobre mim o poder de Cristo.
2Timóteo 2.1 -- Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Cristo Jesus.

Vida vitoriosa é uma vida suprida no tempo da necessidade.
Hebreus 4.16 -- Cheguemo-nos, pois, confiadamente ao trono da graça, para que recebamos misericórdia e achemos graça, a fim de sermos socorridos no momento oportuno.

Vida vitoriosa é uma vida capacitada a permanecer firme na hora da dificuldade.
Romanos 5.2 -- Por [Jesus] obtivemos também nosso acesso pela fé a esta graça, na qual estamos firmes, e gloriemo-nos na esperança da glória de Deus.
Salmo 86.15 -- Mas tu, Senhor, és um Deus compassivo e benigno, longânimo, e abundante em graça e em fidelidade.

1.5. Graça é algo que se vê nas vidas daqueles que a experimentam.
Deus. Gênesis 33.10 -- Replicou-lhe Jacó: Não, mas se agora tenho achado graça aos teus olhos, aceita o presente da minha mão; porquanto tenho visto o teu rosto, como se tivesse visto o rosto de Deus, e tu te agradaste de mim.
Atos 11.23 -- Quando chegou e viu a graça de Deus, [Barnabé] se alegrou e exortava a todos a perseverarem no Senhor com firmeza de coração.

O que se vê numa vida cheia de graça é o fruto do Espírito Santo: alegria, amor, benignidade, bondade, domínio próprio, fidelidade, longanimidade, mansidão, paz (Gálatas 5.22-23).

2. PAZ
O Novo Testamento dá vários títulos para Deus; um deles é Deus de paz, empregado diretamente seis vezes. Romanos 15.33 -- E o Deus de paz seja com todos vós.
Romanos 16.20 -- E o Deus de paz em breve esmagará a Satanás debaixo dos vossos pés.
Filipenses 4.9 -- O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso praticai; e o Deus de paz será convosco.
1Tessalonicenses 5.23 -- E o próprio Deus de paz vos santifique completamente; e o vosso espírito, e alma e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.
2Tessalonicenses 3.16 -- Ora, o próprio Senhor da paz vos dê sempre e de toda maneira. O Senhor seja com todos vós.
Hebreus 13.20-21 -- Ora, o Deus de paz , que pelo sangue do pacto eterno tornou a trazer dentre os mortos a nosso Senhor Jesus, grande pastor das ovelhas, vos aperfeiçoe em toda boa obra, para fazerdes a sua vontade, operando em nós o que perante ele é agradável, por meio de Jesus Cristo, ao qual seja glória para todo o sempre.
2.1. Paz é liberdade da culpa, liberdade que nos dá com acesso direto ao Pai.
João 14.27 -- [Disse Jesus:] Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; eu não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.
Romanos 5.1 -- Justificados, pois, pela fé, tenhamos paz com Deus, por nosso Senhor Jesus Cristo.
Efésios 2.14-- Porque [Jesus] é a nossa paz, o qual de ambos os povos fez um; e, derrubando a parede de separação que estava no meio, na sua carne desfez a inimizade.
Colossenses 1.20 -- [Deus], havendo por [Jesus] feito a paz pelo sangue da sua cruz, por meio dele reconciliasse consigo mesmo todas as coisas, tanto as que estão na terra como as que estão nos céus.

Neste sentido, a paz tem uma tríplice dimensão. Quando temos a paz de Jesus, somos libertos dos pecados cometidos no nosso passado, pois que Cristo os pregou na cruz; somos libertos dos pecados de hoje, pois Cristo os prega na cruz; somos libertos dos pecados que ainda cometeremos, pois Cristo os pregará na cruz. Quem está em Cristo tem perfeita paz e não tem medo de ser feliz.

2.2. Paz é tranqüilidade, apesar das pressões da vida.
1Coríntios 14.33 -- Deus não é Deus de confusão, mas sim de paz.
João 16.33 --  [Disse Jesus:] Tenho-vos dito estas coisas, para que em mim tenhais paz. No mundo tereis tribulações; mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.

2.3. Paz é integridade de mente e coração em meio a outras possibilidades.
Filipenses 4.7 -- A paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus.
Hebreus 13.20-21 -- Ora, o Deus de paz, que pelo sangue do pacto eterno tornou a trazer dentre os mortos a nosso Senhor Jesus, grande pastor das ovelhas, vos aperfeiçoe em toda boa obra, para fazerdes a sua vontade, operando em nós o que perante ele é agradável, por meio de Jesus Cristo, ao qual seja glória para todo o sempre.

Jesus é o autor da paz. O Espírito Santo é o seu agente.

3. PARA QUE EXPERIMENTEMOS GRAÇA E PAZ

3.1. Desejemos graça e paz para nós mesmos.
O desejo de Deus para nós é claro: dar-nos graça e paz.
Salmo 84.11 -- Porquanto o Senhor Deus é sol e escudo; o Senhor dará graça e glória; não negará bem algum aos que andam na retidão.

Toda bênção começa com o desejo da bênção.
Para experimentar a graça e a paz em nossas próprias vidas, precisamos aceitar a graça e a paz que Deus nos oferece. Isto significa reconhecer que nossos esforços, por melhores que sejam redundam em desgraça e medo. Deus nos oferece a graça da salvação, que deve ser recebida como é:graça. Deus nos oferece a paz do acesso livre a ele, numa vida sem medo.
É Jesus mesmo que nos capacitar a viver segundo a Sua graça e segundo a Sua paz.

3.2. Desejemos graça e paz para os outros.
O apóstolo Paulo tinha as suas lutas. Quando escreveu suas cartas, escreveu-as para responder a problemas concretos das igrejas-destinatárias. Assim mesmo, em todas elas há desejos de "graça e paz" para seus leitores/ouvintes.
Se nossos próximos têm problemas, precisamos desejar-lhes "graça e paz". Se nossos próximos estão bem, devemos desejar-lhes "graça e paz".

3.3. Cresçamos na graça.
A graça não é estática, mas dinâmica, para nos acompanhar em cada estágio (diferente estágio) de nossas vidas.
2Pedro 3.18 -- Crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.
Filipenses 2.12 -- Efetuai a vossa salvação com temor e tremor.

3.4. Sejamos promotores da paz.
Nem no plano da linguagem deve haver guerra em nós. (Nada de "retaliação" ao inimigo...)
Mateus 5.9 -- Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.
2Coríntios 13.11 Quanto ao mais, irmãos, regozijai-vos, sede perfeitos, sede consolados, sede de um mesmo parecer, vivei em paz; e o Deus de amor e de paz será convosco.
Hebreus 12.14 -- Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.

EPÍLOGO
Salmo 90.17 -- Seja sobre nós a graça do Senhor, nosso Deus; e confirma sobre nós a obra das nossas mãos; sim, confirma a obra das nossas mãos.

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar