Gente cansada de igreja

Categoria: Espiritualidade
Fabricante : Editora Hagnos
Sinopse:
“Não vou mais à igreja!”; “Estou dando um tempo porque cansei de falsidade!”; “Por que preciso ir aos cultos se posso orar e adorar a Deus aqui mesmo, em minha casa?” Decisões e questionamentos como estes são cada vez mais comuns no segmento evangélico brasileiro. Nos últimos tempos, mais e mais crentes têm abandonado suas igrejas, insatisfeitas com o rumo de sua vida espiritual, com a liderança eclesiástica, com os irmãos na fé, com a falta de estacionamento no templo e até mesmo com a precariedade do departamento infantil. Motivos não faltam, sejam razoáveis ou não; mas o fato é que a quantidade de “desigrejados” – é, já existe até um termo para defini-los – não para de crescer. Eles não são, exatamente, crentes desviados, que abandonaram a fé e caíram no mundo. Mas o caminho que escolheram, longe da comunhão, é arriscado, e mesmo que não os leve a deixar o Evangelho, certamente vai privá-los de muitas  bênçãos que ainda acontecem na boa e velha igreja. E o pior é que correm o risco de ficar exatamente como mostra a imagem da capa: fósforos apagados.
 
Em Gente cansada de igreja, o pastor Israel Belo de Azevedo escreve para esse tipo de gente. É gente cansada de fazer coisas na igreja e receber em troca críticas e ingratidão. Gente cansada por não ter espaço para fazer nada. Gente cansada de esperar coerência entre discurso e prática. Simplesmente, gente cansada de tudo. Contudo, longe de ser uma obra pessimista, o livro é, ao contrário, um estímulo para a fé do leitor, ajudando-o a lembrar os valores básicos do Evangelho e a ênfase bíblica no valor da comunhão. O autor não se furta de admitir os problemas básicos que afetam toda igreja – desunião, inação, autoritarismo da liderança e, sobretudo, o pecado –, mas lembra que a igreja, como Corpo de Cristo, ainda é o melhor lugar para o crente.
 
Por que ler este livro:
 Estima-se que, no Brasil, haja cerca de 35 milhões de cristãos evangélicos – e que outros tantos já passaram por alguma igreja, mas, pelos motivos mais variados, não permaneceram ali. No momento em que o questionamento à igreja aumenta dentro e fora dos templos, Gente cansada de igreja oferece respostas pertinentes. Com vasta experiência no pastoreio, aconselhamento e administração eclesiástica, Israel Belo de Azevedo mostra que é possível superar o desânimo espiritual e colaborar para que a congregação dos santos seja uma bênção na vida individual de seus membros e para o mundo.
 
 Quem deve ler este livro:
 Cristãos que buscam novas motivações para sua vida espiritual e também aqueles que desistiram de pertencer a uma comunidade religiosa. É leitura indicada também a pastores, missionários, evangelistas e outros obreiros que exercem liderança no Corpo de Cristo, bem como professores e alunos de escola dominical e grupos de comunhão e crescimento.
 
 
Formato Impresso
Dimensões 10,5 x 15 cm
Páginas 120
Edição 2010

Comments

Array
(
    [type] => 8
    [message] => Undefined index: option
    [file] => /home/praze123/public_html/libraries/joomla/environment/uri.php
    [line] => 408
)