TERMINAR BEM - CONTINUIDADE (Richard José Vasques)

alt
Dr. David Wong, que foi Vice-Presidente de Treinamento Internacional do Instituto Haggai em Maui, no Havaí (USA), escreveu um livro entitulado: “Vida e Carreira”, publicado no Brasil pela Z3 Ideias (www.z3ideias.com.br). Nesse livro ele fala da importância de concluirmos aquilo que começamos, de encerrarmos a escrita de cada capítulo de nossas vidas. Isso é deveras importante, pois muitas vezes queremos ir em frente deixando vários capítulos em aberto, sem serem concluídos.

Ele diz o seguinte: “Não é difícil iniciar algo. O difícil é terminá-lo. Não é difícil iniciar bem algo. Difícil é terminá-lo bem. Por isso o rei Salomão nos diz: ‘O fim das coisas é melhor que o seu início, e o paciente é melhor que o orgulhoso’ (Eclesiastes 7.8 - NVI). Que grande verdade! Geralmente temos orgulho em começar algo bem, mas logo percebemos que é preciso paciência para terminá-lo bem. A paciência é melhor que a arrogância. O fim das coisas é melhor que o seu início.” Deus tem o melhor para nós, o final sempre será melhor do que o início. Difícil entendermos isso. Ele já tem o quebra-cabeça pronto, montado. Ele o enxerga por completo, nós não.

Terminar o que começamos. Quantas vezes deixamos isso para trás. E, na maioria das vezes, nem percebemos isso. Vamos abrindo frentes que ficam abertas. Para que as coisas caminhem bem precisamos definir muito bem o que iremos fazer, planejar a sua execução desde o início até o fim, executar o planejado, fazer os ajustes de rumo necessários, e por fim, sendo até mesmo redundante, concluir o projeto. Resumindo: escrever o capítulo do início ao fim, e concluir o capítulo.

Um exemplo: mudei-me de São Paulo para o Rio de Janeiro, após teoricamente termos nossa vida definida na capital paulista. Tínhamos nosso apartamento quitado, novo, mobiliado do nosso gosto, num lugar privilegiado. De repente minha esposa manifestou o desejo de voltar a morar no Rio de Janeiro, 20 anos depois de ter deixado a cidade maravilhosa. Foi um choque. Mudamos. O que fazer com o apartamento de São Paulo, que ficou alugado por 4 anos? Mantê-lo, vendê-lo? Devemos comprar um apartamento no Rio ou continuar vivendo de aluguel? Perguntas que fazíamos diariamente. Talvez você tenha também algumas dessas perguntas.

Para comprar um apartamento no Rio era preciso vender o de São Paulo. Os preços no Rio estavam e estão abusivos. O valor da venda não permitia a compra, era preciso algo mais. O que fazer? Se vamos realmente nos estabelecer em outro local, temos de encerrar nossa ligação com o local anterior. Difícil, mas era preciso concluir o capítulo. Fizemos isso. Daí começamos a escrever o novo capítulo. Buscar um imóvel, comprar e reformar esse imóvel (o que ocorreu com muito desgaste físico e emocional, além do abalo financeiro), e por fim mudar para o novo imóvel.

Por fim? Concluímos diversos capítulos até chegarmos aqui, mas esse atual ainda não foi concluído. Precisamos executar cada detalhe faltante, e isso leva tempo. Requer dedicação, análise constante, e também mais recursos financeiros. Estamos escrevendo agora esse outro capítulo, certos de que em breve, ao concluí-lo iniciaremos outro. É assim a vida, ela continua. Por isso complementei o título desse artigo com a palavra continuidade. Temos de prosseguir. Como disse o apóstolo Paulo: “Prossigo para o alvo: ‘Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço; esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus, em Cristo Jesus”. (Filipenses 3:13-14 - NVI).

Esquecendo-me das coisas que ficaram para trás: livrar-se do que passou, concluir o capítulo, encerrar essa etapa.

Avançando para as que estão adiante: definir e escrever o novo capítulo, que também precisará ser encerrado.

Assim deve ser na vida. É claro que sempre aprendemos com as experiências vividas, mas não podemos ficar presos a elas. A vida continua. Avalie o seu dia-a-dia. Analise os capítulos que precisam ser encerrados (você vai descobrir que tem vários deles nessa situação). Encerre-os. Aceite o desafio de escrever novos capítulos. Peça auxílio a Deus. Que esses novos capítulos estejam direcionados ao prêmio mencionado pelo apóstolo Paulo. Isso quer dizer: alinhado com a vontade de Deus para nossas vidas. Estamos fazendo aquilo que agrada a Deus? Nossos capítulos têm considerado isso quando de sua escrita? Boa semana.

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.      Website: www.rjv.com.br

Comentários   

 
0 #1 PastorGuest 01-04-2011 01:37
Obrigado pela sua reflexão sobre a importância de fecharmos e concluirmos aquilo que começamos, para então nos envolvermos em novos projetos, Richard!

Os exemplos foram muito claros e de fácil compreensão, além de interessantes e propícios para o contexto social de correria e dificuldades para concluir aquilo que começamos.

Parabéns!!!
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Array
(
    [type] => 8
    [message] => Undefined index: option
    [file] => /home/praze123/public_html/libraries/joomla/environment/uri.php
    [line] => 408
)