Chácara Jr.

Um divorciado cristão pode se casar de novo?

Ouvi recentemente que o número de divórcios no meio evangélico aumentou exorbitantemente e que este tem sido um dos principais argumentos de descrédito notado por pessoas de outras religiões. Daí comecei a pensar no assunto e estava procurando matérias sobre divórcio na net e achei esta: http://www.itacuruca.org.br/index.php?option=com_content&task=view&id=85&Itemid=46
Li o texto e a argumentação sobre "exceções à indissolubilidade" e o acréscimo da permissão para RECASAMENTO MESMO COM O CÔNJUGUE VIVO.
Só que em todas as passagens citadas não consegui entender que exista liberação para recasamento se o cônjugue ainda vive, nem de Jesus, nem de Paulo.

No capítulo 19 de Mateus:
"Vocês não leram que, no princípio, o Criador 'os fez homem e mulher'? e disse: 'Por essa razão, o homem deixará pai e mãe e se unirá à sua mulher, e os dois se tornarão uma só carne'. Assim, eles já não são dois, mas sim uma só carne. Portanto, o que Deus uniu, ninguém separe".
Perguntaram eles:
-- Então, por que Moisés mandou dar uma certidão de divórcio à mulher e mandá-la embora?" 

(Esta pergunta confirma que eles, assim como eu, entenderam que Jesus defendia a tese de que "Para Deus não existe divórcio!")

"Jesus respondeu:
-- Moisés permitiu que vocês se divorciassem de suas mulheres por causa da dureza de coração de vocês. Mas não foi assim desde o princípio. Eu lhes digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, e se casar com outra mulher, estará cometendo adultério"

(Aqui Jesus não libera o divórcio; antes, faz um grave alerta para quem se divorcia.)

Outro texto:
"Mas eu lhes digo que todo aquele que se divorciar de sua mulher, exceto por imoralidade sexual, faz que ela se torne adúltera e quem se casar com a mulher divorciada estará cometendo adultério" (Mateus 5.31-32).

O "exceto por imoralidade" pode estar ligado a "se torne adúltera" ou " estará cometendo adultério" (futuro), ou seja, "a menos que já seja adultero(a) irá se tornar adultero ao recasar", no caso de já ser adúltero, mesmo que não case novamente, continuará sendo adúltero.
Li que alguma coisa dizendo que "porneia" também pode estar ligado a quebra do noivado por fornicação.
Em todo caso, o contexto e a coerência com as palavras de Jesus e as passagens bíblicas relacionadas à casamento não me permitem nem imaginar Jesus dizendo: "Para esta determinado caso, você pode divorciar e recasar sim, Eu permito, e o Pai aceitará e o abençoará muito. Será da vontade dEle que você se separe em casos assim".
Resumindo, uu (e admito que posso estar profundamente enganado) entendi assim :
"O que Deus uniu, ninguém separe!!! O coração de vocês é terrivelmente duro, chegam ao ponto de repudiarem seus cônjugues! Mas atenção, cuidado: Com ou sem carta de repúdio vocês vão se tornar adúlteros ao recasarem. O mesmo vale para quem casar com o cônjugue repudiado, se é que o pecado sexual já não ocorreu."
Estou muito errado?

UMA RESPOSTA

A argumentação está bastante sólida e é bem aceitável. Quando, no entanto, somos colocados diante de algumas situações, temos que deixar a Bíblia ou entendê-la. Ilustro: uma senhora tem uma filha e descobre que o seu marido abusa sexualmente da menina. Ele nega. O pastor dela diz que o casamento é para sempre e não pode se separar. Acontece que ela precisa defender sua filha. Então, contrariando o seu pastor, ela denuncia o marido à polícia e se separa. Não poderá nunca mais se casar?

Vejamos um outro caso: o marido espanca a esposa, porque aprendeu que este é o padrão, com o pai que também agia assim. Durante muito tempo, ela acredita que o marido vai se recuperar. Como não se recupera e cansada dos hematomas e da vergonha, desiste do casamento. Não poderá nunca mais se casar?

Se essas duas mulheres não puderem se casar, estarão recebendo duas puniçoes: uma das homens (sórdidos, com quem se casaram) e outra de Deus.

Então, temos que voltar a Bíblia. Foi o que eu fiz no estudo referido. Ao voltar à Bíblia, eu me encontro com o Deus da vida, que inventou o casamento, para a felicidade dos seus membros. O casamento é como o sábado: é uma instituição, que não está acima do homem, diferentemente do que pensavam os fariseus. 

Lendo Marcos, noto como o assunto entrou na pauta. Jesus tira o foco da lei, que era boazinha para os homens e péssima para as mulheres, e põe no coração. É como se dissesse: "Moisés disse isto por causa da dureza do coração de vocês, que ficam procurando brechas na lei. O mais importante do que Moisés disse é que o casamento é para sempre. Este é o ideal de Deus, quando projetou a união conjugal".

Jesus estava mais uma vez defendendo os oprimidos, no caso as mulheres. Este é o centro do texto. Ele não está falando sobre divórcio, mas mostrando o que os homens faziam com suas mulheres.

Meus outros argumentos estão no texto.

Evidentemente, respeito sua posição, mas é assim que leio a Bíblia, buscando a intenção do seu Autor, além da letra, que mata. 

Comentários   

 
0 #388 Divórcio por indidelidadeJCOJUNIO 04-06-2014 21:23
Quer dizer que mesmo por infidelidade tenho que manter o casamento? Sendo que Deus cita a "imoralidade sexual" (acredito eu que a infidelidade esteja incluída). Então não posso mais me casar? Não tenho mais o direito de ser feliz com outra pessoa?
 
 
0 #387 Meu ex marido quer voltar,Sara 17-05-2014 20:24
Meu ex marido quer voltar, separamos pq o casamento estava desgastado, o que eu posso fazer? voltou com ele? Como saber se é da permissão de Deus a gente voltar?
(Não houve traição)
 
 
0 #386 separacaogilvan 22-04-2014 00:43
tenho uma duvida e se o homem e a mulher adulterarem os dois estao livres para casarem novamente ?????
 
 
0 #385 casamentopaulo 21-04-2014 09:46
e isso ai que eu e demais divorciados que vão pro esquinto dos ingernos e vcs casadinhos bonitos vá para o céu .
 
 
0 #384 DesrespeitoAdriano 04-02-2014 07:12
Eu e minha esposa não nos respeitamos mais há muito tempo. Ambos nos agredimos deixando marcas um no outro. Não quero continuar esse casamento. Será que eu poderia me separar?
 
 
0 #383 CainCain 03-02-2014 09:33
:D Em vez de lamentar o seu passado e destino desastroso, é melhor voltar a focar-se no futuro e em novos objetivos

http://programascelular.com.br/o-que-os-homens-divorciados-devem-saber/
 
 
0 #382 Traiçãojoice 02-02-2014 13:21
Se o marido pede divorcio para esposa depois de ter cometido o adultério, este marido se casando com esta outra mulher mesmo depois do divorcio eles continuam no adultério? E esta esposa que foi abandonada não poderá se casar de novo depois da traição e do abandono? Fico com dúvida se seria pecado um novo casamento onde ocorreu a traição.
 
 
0 #381 VERDADE DA BÍBLIAResp. ao Lean p1 01-02-2014 01:34
Irmão, concordo plenamente contigo! Que bom ter mais alguém aqui que não tenta moldar a Palavra de Deus dentro de seus próprios interesses. Mas, gostaria de esclarecer que também não concordo com o divórcio. Creio que ele não seja algo que agrada ao Senhor, porém, muitas vezes, ele é inevitável (lei dos homens), pois aquele que é réu de ação de divórcio, pouco pode fazer, ou nada... Esta pessoa não estará em pecado. Em pecado estará ao casar novamente (ou mesmo namorar outro), pois para Deus o casamento não é desfeito pela lei dos homens. Portanto, mesmo que o cônjuge se afaste, ou até, case novamente, quem tem amor e temor à Palavra de Deus, ficará sozinho. Saiba que Deus é justo e fiel!
 
 
0 #380 VERDADE DA BÍBLIAResp. ao Lean p2 01-02-2014 01:33
No entanto, devo discordar de uma coisa nesse site que você indicou, já o li antes. Nele, o autor diz que a pessoa solteira que casou com uma pessoa divorciada, mesmo se separando, nunca poderá casar novamente, pois estaria em adultério. Não concordo! De acordo com a Bíblia, segundo casamento de divorciados é adultério. Desta forma, nunca foi considerado casamento para Deus, mas sim, uma situação de pecado que deve ser abandonada. A pessoa solteira que se casou com divorciado(a), ao deixar essa relação, deixa o pecado de adultério e fica livre para se casar de verdade com uma pessoa também solteira ou viúva. E o tal divorciado que se casou novamente, melhor seria pedir perdão a Deus e restaurar seu casamento com o primeiro cônjuge, ou ficar sozinho para não pecar novamente. Abraços!
 
 
0 #379 Não EXISTE DIVÓRCIO pt7Lean 21-01-2014 15:44
Quem tiver interesse em continuar:
http://www.baptistlink.com/creationists/divorciarecasaadultera.htm
 
 
0 #378 Não EXISTE DIVÓRCIO pt6Lean 21-01-2014 15:38
2. Mat. 19:9-10

"Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, exceto sendo em caso de fornicação, e casar com outra, comete adultério; e o que casar com a repudiada também comete adultério. Disseram-lhe seus discípulos: Se assim é a condição do homem relativamente à mulher, não convém casar."

Na Bíblia King James:

"And I say unto you, Whosoever shall put away his wife, except it be for fornication, and shall marry another, committeth adultery: and whoso marrieth her which is put away doth commit adultery. His disciples say unto him, If the case of the man be so with his wife, it is not good to marry."
 
 
0 #377 Não EXISTE DIVÓRCIO pt5Lean 21-01-2014 15:38
1.3 Note que Jesus começa sua argumentação com a conjunção adversativa PORÉM. Isso nos diz que há um contraste entre o que os Judeus queriam ouvir e o que Jesus estava ensinando. Se Jesus estivesse defendendo o divórcio após o casamento, não haveria nenhuma necessidade da conjunção adversativa PORÉM.

1.4 Note que a mulher ( parte chamada inocente) está divorciada, mas Jesus não reconhece nenhum divórcio, qualificando essa outra união de adultério.

1.5 Note a reação desesperada dos discípulos em Mateus 19:9. Vejamos:
 
 
0 #376 Não EXISTE DIVÓRCIO pt5Lean 21-01-2014 15:37
Não. A palavra adultério não foi usada porque a exceção não se aplica aos que se tornaram uma só carne, mas aos que estavam em contrato de casamento (em Hebraico: 'aras ou kiddushin, em inglês: betrothal - Ex. 22:16, Lev. 19:20, Dt. 22:23, 28:30). Note que no mesmo evangelho (Mt. 1:18), Maria era desposada (Grego: mnesteuo) com José e não casada (gameo). É para esse caso especial, e apenas nesse caso dos Judeus, que Jesus está se referindo, porque o casamento não tinha se consumado. Nesse caso, o pecado é fornicação que quebraria o pacto do "esposamento" e não de casamento. É muito simples!
 
 
0 #375 Não EXISTE DIVÓRCIO pt4Lean 21-01-2014 15:35
Note que em Mat. 1:20 o anjo dirigindo-se a José, chamou Maria de "tua mulher" (ou esposa) embora o casamento não tinha sido celebrado e consumado, ou seja, eles ainda não tinham se tornado uma só carne, mas eram marido e mulher. Nesse caso, Jesus está dizendo que o casamento poderia ser cancelado, caso houvesse fornicação, situação na qual a pessoa está a um passo do inferno (1 Cor. 6:10, Judas 1:7, Ap. 21:8).

1.2 Note que a palavra não é o verbo comete adultério (moichao), que ocorre duas vezes no verso, mas propositalmente não é usada pelo Senhor Jesus para a exceção. Por quê? Teria O Mestre se esquecido? Teria Ele perdido essa oportunidade de ser claro, usando o triste fato do adultério para a desculpa do divórcio?
 
 
0 #374 Não EXISTE DIVÓRCIO pt3Lean 21-01-2014 15:34
Explicação:
1.1 Notemos aqui que o Senhor Jesus Cristo está afirmando a indissolubilida de total do casamento enquanto o marido e a esposa estão vivos. Note que somente no evangelho de Mateus (Mat. 5:32 e Mat. 19:9) estão inseridas a resalva "a não ser por causa de fornicação" (note que essa é que é a correta palavra usada inclusive por João Ferreira de Almeida em 1693 pois vem do grego "porneia"), porque isso se aplica a situação peculiar dos Judeus. Veja no verso 5:1 a quem Ele estava se dirigindo: à multidão e aos discípulos. Essa foi a exata situação que inicialmente José pensou erradamente de Maria. Os fariseus, também, cometeram esse erro mas de forma blasfema em João 8:41, acusando o Senhor Jesus com sendo nascido de fornicação (porneia) e não de adultério (moicheia).
 
 
0 #373 Não EXISTE DIVÓRCIO pt2Lean 21-01-2014 15:32
Vejamos as sete passagens do Novo Testamento que lidam com o assunto e que categoricamente afirmam a indissolubilida de total do casamento enquanto o homem e a mulher dessa união estão vivos.

1. Mat. 5:32

"Porém, eu vos digo, que todo aquele que repudiar sua esposa, a não ser por causa de fornicação, causa que ela cometa adultério, e todo aquele que se casar com ela que é divorciada comete adultério."

Na Bíblia King James:

"But I say unto you, That whosoever shall put away his wife, saving for the cause of fornication, causeth her to commit adultery: and whosoever shall marry her that is divorced committeth adultery."
 
 
0 #372 Não EXISTE DIVÓRCIO pt1Lean 21-01-2014 15:30
Divórcio e Novo Casamento é o mesmo que adultério continuado.

Sem querer tomar atalhos ou evitar "ofender" pessoas que têm interesse pessoal no assunto, vamos direto ao assunto e vejamos o ensino cristalino do Novo Testamento sobre o assunto de Divórcio e Novo Casamento. Quando alguém quer se evadir de conclusões contundentes e dogmáticas, geralmente se diz que determinado assunto é "polêmico" (do Grego polemeo = guerra). Nosso apelo aqui é o seguinte: Vamos ficar em paz com a Palavra de Deus sobre esse assunto? Não há guerra alguma aqui, quando temos um espírito submisso à Palavra de Deus. Não tentemos forçar situações particulares sobre a Palavra de Deus, mas analisemos o ensino Bíblico.
 
 
0 #371 VERDADE DA BÍBLIAV 18-01-2014 05:20
Quem se divorcia, não está em adultério, embora Deus odeie o divórcio. Adultério é casar novamente. "Se, porém, se apartar, que fique sem casar, ou que se reconcilie com o marido; e que o marido não deixe a mulher.1 Coríntios 7:11. Se foi inevitável o divórcio a Bíblia diz para ficar sozinho ou voltar para o cônjuge. "...Quem pode receber isto, receba-o." Mateus 19:12
 
 
0 #370 VERDADE DA BÍBLIAParte 1 18-01-2014 05:08
Em Mateus 19:7 “Disseram-lhe eles: Então, por que mandou Moisés dar-lhe carta de divórcio, e repudiá-la?” O que os fariseus perguntaram? Eles não perguntaram sobre a carta de divórcio? Então, estamos falando de divórcio, certo? Jesus, então, respondeu no versículo 9: “Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, não sendo por causa de fornicação, e casar com outra, comete adultério; e o que casar com a repudiada também comete adultério.” Alguém só casa com outra após o divórcio, que foi a pergunta dos fariseus. Jesus sabia exatamente do que se tratava a pergunta.
 
 
0 #369 VERDADE DA BÍBLIAParte 2 18-01-2014 05:07
Lembrando que no original da Bíblia o termo usado foi FORNICAÇÃO. Não “adultério”, nem “imoralidade sexual” que são termos distintos. E para comprovar que fornicação não tem o mesmo significado de adultério ou imoralidade sexual como algumas traduções erroneamente trazem, em Lucas 16:18, diz: “Qualquer que deixa sua mulher, e casa com outra, adultera; e aquele que casa com a repudiada pelo marido, adultera também.” Confirmando o significado de fornicação quando diz que nem mesmo a mulher cujo o marido já casou com outra poderá casar novamente, ainda mais o homem que a abandonou e casou com outra fica livre do adultério.
 
 
0 #368 VERDADE DA BÍBLIAParte 3 18-01-2014 05:06
A saber: FORNICAÇÃO é a prática de sexo antes do casamento. O casamento poderia ser desfeito no caso de o marido descobrir que a mulher não era mais virgem quando se casou. Isso foi relatado em Deuteronômio 22:14 “E lhe imputar coisas escandalosas, e contra ela divulgar má fama, dizendo: Tomei esta mulher, e me cheguei a ela, porém não a achei virgem;” Moisés permitiu a carta da divórcio para que a mulher não fosse apedrejada até a morte, como era feito naquela época, para que o homem pudesse casar novamente. Jesus disse em Marcos 10:7: “Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á a sua mulher,” Deixar pai e mãe significa casar solteiros, não divorciados. Interpreta errado quem lê versículos isolados. A Bíblia deve ser estudada. Deve-se fazer a hermenêutica das Escrituras.
 
 
0 #367 exceto por imoralidade sexualAbimael 15-01-2014 14:01
Eu quero dize que não ha adultério para quem se divorcia, por traição,espanca mento,etc.
 
 
0 #366 exceto por imoralidade sexualAbimael 15-01-2014 13:56
Fico triste porque alguns se metem a interpretar a Bíblia mas não fazem corretamente. Se interpretar "exceto por imoralidade sexual", vai ver que a pessoa traída ficará livre, pois o divorcio desfaz o contrato do casamento, que é um contrato feito...Deus não é contra as leis da constituição. Divorciado está livre sim, pode casar sim e ha adultério, pois ambos estão livres, é lei.
 
 
0 #365 traiçãoeuzilane 30-12-2013 19:40
me divorciei do meu ex marido pois ele era muito infiel. se eu me casar denovo eu serei adultera?
 
 
0 #364 m eu casamento ta em guerra o que façoeduarda 24-12-2013 19:05
eu preciso saber o que ta acontecendo todos os dias nos brigamos ai nao sei mas o que fazemos ajente se ama mas ele so fala em se separar as vezes eu ate pensso que ajente vai se separar mas deus tem um grande proposito na nossa vida mas sempre a alguma coisa pra agente brigar somos da assembleia de deus e eu queria que alguem mim dissese o que devo fazer
 
 
0 #363 VERDADE DA BÍBLIAResp. ao Rogério 22-12-2013 19:39
Amado de Deus, busque a Jesus Cristo. Só Ele pode mudar esse quadro da tua vida. Peça à Ele que renove o amor de vocês, cure as feridas e restaure esse casamento. Mas, tenha o cuidado de ser fiel a Deus. Não caia em pecado, pois o pecado faz com que Deus não ouça nossas orações. Veja Isaías 59:1-2. Deus os abençoe!
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar