BOM DIA: O GALILEU

BOM DIA AMIGO, 1906 (Israel Belo de Azevedo)
 
"O orgulho nos torna artificiais a humanidade nos torna reais". (Thomas Merton)
 
O galileu
 
Depois que Jesus morreu, a vida ficou sem forma e vazia.
Quando, na manhã do primeiro dia mais feliz da história, seu túmulo ficou vazio, a notícia tomou forma, depois que Maria de Magdala fez a descoberta.
Os segundos a saber foram os pescadores galileus Pedro de Betsaida e João ben Zebedeu, que apostaram uma corrida em direção ao sepulcro. João chegou primeiro e, olhando de fora, não viu Jesus, apenas o lençol de linho com que tinham embrulhado o seu corpo. Em seguida, chegou Pedro, que se curvou e entrou umbral adentro, mas não encontrou o Mestre, nem morto nem vivo.
Além do lençol, observou também o lenço deixado ao lado.
Só então João entrou e creu que o Messias tinha ressuscitado.
Saudemos a coragem de Pedro em entrar no túmulo, com o sol ainda por dominar o ambiente.
Então: por que o que chegou primeiro não entrou primeiro?
Possivelmente João, que era mais veloz, queria que Pedro fosse o primeiro dos homens a ver o túmulo realmente vazio.
João tinha certeza de sua identidade: amado, aceito e aprovado por Jesus. Nada tinha para provar. João sabia que a espada da culpa pendia sobre a cabeça de Pedro desde que, cheio de medo, dissera por três vezes que não conhecia a Jesus quando estava sendo julgado para ser condenado. Pedro chorara muito, mas a culpa ainda o acompanhava. Se Jesus estava vivo, tudo mudava de figura.
O galileu João deixou o privilégio para o amigo também galileu. João sabia ser segundo.
Na vida, não temos que ser sempre os primeiros.
Nossa identidade não depende de sermos os mais velozes, os mais competentes, os mais fortes, os mais ricos. Para Jesus, somos amados, aceitos e aprovados.
 
Bom dia
Israel Belo de Azevedo
_________________________
Quer ouvir este BOM DIA pela voz de Israel Belo de Azevedo?
Baixe o aplicativo MINHA JORNADA e ouça não apenas o BOM DIA, mais as MEDITAÇÕES BÍBLICAS e outras seções exclusivas do aplicativo.
 
Se o seu smartphone (celular) usa o sistema operacional ANDROID, clique na imagem do Google play para baixar.
Se usa iOS (iPhone), clique na imagem da App Store.
 
          

_________________________

REPRODUÇÃO -- Autorizamos a reprodução deste conteúdo com a condição que seja citada a fonte nos seguintes termos: Reproduzido do site PRAZER DA PALAVRA, de Israel Belo de Azevedo, que pode ser ser acessado em www.prazerdapalavra.com.br.

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Array
(
    [type] => 8
    [message] => Undefined index: option
    [file] => /home/praze123/public_html/libraries/joomla/environment/uri.php
    [line] => 408
)