BOM DIA: A GRANDE APOSTA, 3/3

BOM DIA AMIGO, 1992 (Israel Belo de Azevedo)
 
“Se a cruz não for o centro da nossa religião, a nossa religião não é a de Jesus”. (John Stott)
 
A grande aposta, 3/3
 
Partindo do pressuposto que Jesus realmente existiu — e isto não é uma aposta — impõe-se uma pergunta: qual o significado de sua morte?
Uma possibilidade é pensar que ele foi condenado porque se opôs ao sistema religioso judaico e à dominação do Império Romano. Como tantos outros subversivos, foi esmagado.
Os evangelhos registram que, de fato, isto ocorreu, mas dizem mais.
Dizem que Jesus morto para que todos aqueles que creem nele como Salvador e Senhor recebam o privilegio de viver em comunhão com ele desde agora e no céu (João 3.16).
Os primeiros cristãos criam que a morte de Jesus teve um sentido vicário, isto é, substitutivo. Ao morrer, ele puxou para si todas as nossas culpas e por meio da sua morte fomos absolvidos (Colossenses 2.14). Com sua morte, Jesus nos substituiu na cruz, para onde merecidamente deveríamos ir.
Muitas pessoas têm dificuldade em admitir a ideia de que somos essencialmente pecadores (Romanos 3.23), preferindo crer na bondade humana, mesmo que negada pelos fatos. Outras pessoas não aceitam a crueldade de um justo morrer no lugar dos injustos (1Pedro 3.18), mas foi o que Jesus precisamente fez. O nome deste gesto é graça, um favor que não merecemos, mas que nos é oferecido assim mesmo.
 
Bom dia!
Israel Belo de Azevedo
_________________________
Quer ouvir este BOM DIA pela voz de Israel Belo de Azevedo?
Baixe o aplicativo MINHA JORNADA e ouça não apenas o BOM DIA, mais as MEDITAÇÕES BÍBLICAS e outras seções exclusivas do aplicativo.
 
Se o seu smartphone (celular) usa o sistema operacional ANDROID, clique na imagem do Google play para baixar.
Se usa iOS (iPhone), clique na imagem da App Store.
 
          

_________________________

REPRODUÇÃO -- Autorizamos a reprodução deste conteúdo com a condição que seja citada a fonte nos seguintes termos: Reproduzido do site PRAZER DA PALAVRA, de Israel Belo de Azevedo, que pode ser ser acessado em www.prazerdapalavra.com.br.

 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar

Array
(
    [type] => 8
    [message] => Undefined index: option
    [file] => /home/praze123/public_html/libraries/joomla/environment/uri.php
    [line] => 408
)