Terça, 13/06/17 -- RELIGIÃO VERDADEIRA

Refletindo: Josué 2
 
A história de Raabe, que começa no capítulo 2, prossegue no capítulo 6 e termina em Mateus 1.5. 
Essa mulher de muitos defeitos tinha muitas qualidades. Ele era prostituta, mentirosa e interesseira (Josué 2.12). 
No entanto, não foi por essas "qualidades" que ela se tornou uma ancestral de Jesus, mas pelas suas virtudes reais. 
1. Raabe tinha a sensibilidade que todo crente deve ter. Quando chegaram os homens de Deus até sua "casa", ela percebeu que estavam a serviço de Deus. Ela era uma mulher atenta. 
2. Raabe estava atenta à história. Embora não fosse hebréia, ela sabia o que estava acontecendo com o povo de Israel, prestes a chegar. Ela não era uma pessoa alienada. Os feitos de Deus para com os hebreus chegaram ao seu conhecimento e ela queria ser participante da história de Deus. 
3. Raabe pediu mais coisas para os outros (especialmente seus pais) do que para si. Ela entendeu a conseqüência básica da prática da religião verdadeira, que é a generosidade. 
 

Adicionar comentário

Código de segurança
Atualizar